21/05/2019 12h59 - Atualizado em 21/05/2019 12h59

16 DE MAIO DIA DO GARI


16 DE MAIO DIA DO GARI

A crescente produção de resíduos sólidos nas cidades gera graves problemas e, para mantermos nossas ruas, praças e avenidas limpas, se faz necessário a limpeza urbana. O lixo urbano sem destino adequado trás uma série de transtornos para a população. Se não fosse o gari, que é responsável para coletar e dar destino certo ao lixo que nós produzimos, nossas cidades eram ainda mais sujas e a população ainda mais doente.

Como reconhecimento da importância desse profissional, na data do dia 15 de maio, a Câmara de Vereadores em sessão solene homenageou a classe por “Mérito Profissional” pelo zelo, capricho e empenho de cada profissional que trabalham na coleta de lixo, em homenagem ao Dia do Gari.

ORIGEM AO DIA DO GARI
A palavra gari é uma homenagem ao empresário francês Aleixo Gary, que se destacou na história da limpeza da cidade do Rio de Janeiro. Em 11 de outubro de 1876, ele assinou um contrato com o Ministério Imperial para organizar o serviço de limpeza da cidade, que incluía a retirada a retirada de lixo de casas e praias e o transporte para a Ilha de Sapucaia, atual bairro Caju. Seu contrato venceu em 1891 1 seu primo Luciano Gary o substituiu.

A empresa acabou em 1892 e foi criada a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da Cidade, cujos serviços não eram bons. No ano de 1906, o órgão tinha somente 1.084 animais de carga para trabalharem na coleta das 560 toneladas de lixo. A partir dessa data, teve inicio a coleta de lixo com equipamentos mecânicos. A data lembra o dia da publicação da Lei que instituiu a categoria, em 16 de maio de 1962.

ASCOM/PMI



Enviar por e-mail Imprimir