08/01/2019 12h46 - Atualizado em 08/01/2019 12h54

CHAMADA PÚBLICA DA MERENDA ESCOLAR


CHAMADA PÚBLICA DA MERENDA ESCOLAR

A Prefeitura Municipal de Itaituba através da Secretaria Municipal de Educação avança nas questões da merenda escolar e melhoria do que chega aos nossos alunos. Nesta quinta-feira, 27, aconteceu o resultado da chamada pública para aquisição dos 27 itens da merenda escolar com origem na agricultura familiar.

Agricultores que se habilitaram para concorrer apresentaram seus projetos de venda apoiados pela Secretaria Municipal de Agricultura, e se fizeram presente na sala de reuniões da Semed. Este ano o fornecimento da polpa de frutas ficou com uma cooperativa de Santarém. No entanto os agricultores do município irão fornecer banana, laranja, couve, cheiro verde, macaxeira, e farinha entre outros alimentos.

Um diferencial deste ano é que pela primeira vez aconteceu a habilitação de indígenas, e a noticia foi vista com bons olhos. A aldeia que fará parte do programa está localizada na zona urbana do município de Itaituba, é a Aldeia Praia do Índio.
Se antes as crianças se alimentavam com enlatados cheios de conservantes e comidas processadas, sobretudo por causa do poder das grandes indústrias de alimentos, que sempre dominaram o setor com produtos altamente calóricos e muito menos nutritivos, hoje é possível ver no prato dos nossos alunos frutas, hortaliças, verduras, dentre outros produtos saudáveis, inclusive regionais. Merendeiras são estimuladas a aproveitar melhor os alimentos, graças às capacitações e orientações promovidas pela SEMED, e o meio ambiente é conservado de forma mais sustentável.

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é uma das iniciativas mais bem vistas pelos agricultores e agricultoras familiares de todo o país. Vários estudos apontam para diversos avanços no meio rural em função desta iniciativa, mas nem por isso os atores sociais envolvidos deixam de apresentar críticas visando seu aprimoramento.

ASCOM/SEMED



Enviar por e-mail Imprimir

Galeria de fotos